Gestão: Prefeitura adota medidas de prevenção contra o coronavírus

0

Entre as medidas está a suspensão das aulas por 15 dias

A Prefeitura de Marabá adotou novas medidas de prevenção em meio à pandemia do novo coronavírus no país, embora o município não tenha registrado, até o momento, nenhum caso confirmado da COVID-19. Na manhã desta quarta-feira (18), no Auditório da Prefeitura de Marabá, foi realizada uma coletiva de imprensa, a fim de esclarecer todas as medidas que estão sendo tomadas para prevenção nos setores da Educação, Saúde, Cultura, Esportes, entre outros, e em eventual necessidade o tratamento da COVID-19.

O chefe de gabinete, Walmor Costa, pediu aos órgãos de imprensa ajuda no sentido de orientar a população a não divulgação e não compartilhamento de notícias falsas, mas que seja procurado como fonte de informação oficial o site e redes sociais da prefeitura de Marabá, que está emitindo notas diárias sobre a situação do coronavírus e as medidas que estão sendo tomadas no município para resguardar a saúde da população.

 

 

 

 

 

 

EDUCAÇÃO

A secretária municipal de Educação, Marilza de Oliveira Leite, esclareceu sobre a suspensão temporária das aulas na rede municipal de ensino por 15 (quinze) dias. A decisão, estendida também à rede privada, aconteceu após reunião juntamente com o Conselho Municipal de Educação. Foi informado, porém, que amanhã, quinta-feira (19), os alunos da rede municipal de ensino ainda terão que ir à escola para acompanhar as recomendações dos professores. De acordo com a professora Marilza Leite, secretária de educação, não se trata de férias, portanto a recomendação é para a permanência das crianças em casa. Os 200 dias letivos não serão comprometidos haverá um ajustamento no calendário letivo para cumprir o que estabelece a legislação.

SAÚDE

As informações repassadas por Luciano Lopes Dias, secretário municipal de saúde, afirmam que Marabá não registra nenhum caso de vítima do coronavírus. E que em caso de um paciente apresentar sintomas da COVID-19, deve primeiramente ligar para o SAMU 192, onde será atendido por um clínico geral. O clínico identificará os parâmetros da doença, acionará uma equipe de contingência,  uma equipe externa ficará responsável pela coleta do sangue, para realizar o exame. Logo em seguida, o paciente será levado para a residência dele sendo medicado e assistido com todos os insumos devidos, aguardando o resultado do exame durante 48 horas, em isolamento.

Caso o resultado seja positivo, o indivíduo será encaminhado para o Hospital Regional do Sudeste do Pará Dr. Geraldo Veloso, porém na situação de não haver vagas, o paciente será transferido para o Hospital de Guarnição de Marabá (HguMba), em outra hipótese, esgotando as vagas no HguMba a pessoa será enviada para um ala especial que foi montada no Hospital Municipal de Marabá (HMM).

Para o paciente que chegar com sintomas diretamente no HMM, haverá uma triagem especial. Lá estão sendo montados dez leitos com ventiladores mecânicos para ajudar na respiração, uma vez que, a doença acomete principalmente o sistema respiratório. Caso se agrave o estado do paciente, o indivíduo será encaminhado para os outros hospitais já mencionados. Por fim, em caso de superlotação, o Exército será acionado com hospitais de campanha. É válido salientar que todos os procedimentos da SMS estão sendo monitorados pelo projeto Lean nas Emergências do Hospital Sírio Libanês e que ainda paralelo ao plano de contingência acontece capacitação de profissionais da saúde.

Diariamente, a secretaria municipal de saúde, está monitorando, através de informativos oficiais do governo, a situação do coronavírus em todo estado do Pará. Haverá também informativos nas rodoviárias e aeroportos orientando as pessoas que, caso apresente sintomas, procure as unidades de saúde.

O Centro de Especialidades Integradas e o Centro de Referência da Mulher (Crismu) terão suas agendas refeitas. As pessoas no grupo de alto risco, crianças e idosos, terão suas consultas remarcadas para outro momento a fim de evitar que saiam das residências para  consulta médicas eletivas, se for uma consulta de urgência será atendida, e as consultas nestes dois centros serão reduzidas a 50% para evitar aglomerações nestes espaços.

Está acontecendo também um treinamento com técnicos e enfermeiros para capacitá-los para coleta de material. Outros profissionais já foram capacitados em Belém (Sespa), e estão reproduzindo para toda rede, para que outros profissionais possam fazer a coleta em todas as unidades para a realização dos exames.

Em caso de sintomas suspeitos que são febre e dificuldade de respirar, e se tiver viajado para áreas onde já há a presença do vírus, a pessoa pode ligar para o Samu no 192.

CULTURA

Marabá completa 107 anos no próximo dia 5 de abril, porém, de acordo com o secretário de cultura, José Scherer, e também como medida preventiva, os shows para comemorar a data estão cancelados. Permanecendo sob avaliação a realização ou não, apenas da tradicional cerimônia do café da manhã, no Bairro Francisco Coelho, o popular Cabelo SecoAs inaugurações de repartições públicas, previstas para essa data,  também estão canceladas.

ESPORTE

As atividades esportivas alusivas ao aniversário de Marabá, estão suspensas, bem como todos os projetos esportivos, como ginástica para mulheres, PEF – Projeto Esporte do Futuro e as demais atividades. Incluem-se também as atividades realizadas nos ginásios Renato Veloso e Erlon Carlos em Morada Nova. A secretaria de esporte e lazer sugere também, às coordenações dos clubes, a suspensão das atividades nas escolinhas de futebol e esportes em geral.

 

Texto: Emilly Coelho / Victor Haôr 
Fotos: Sérgio Barros 

No comments