SMS: Estratégia Saúde da Família leva médico para atender na comunidade

0

A casa da dona Gislena Aparecida Santos, na travessa Manaus no bairro Bom Planalto, se transformou, na tarde desta segunda-feira (10), num mini posto de saúde para atender a comunidade. Foram realizados mais de 20 atendimentos médicos, exames rápidos de glicemia e pressão arterial.

A ação faz parte do Programa Saúde da Família, sendo uma estratégia para aproximar cada vez mais a equipe médica da população. A sala da residência ficou destinada ao cadastro e realização de exames rápidos nos pacientes, outro cômodo virou o consultório médico. “Sempre fazemos aqui em casa e também na casa de outros vizinhos, os médicos e os enfermeiros vêm e todos são atendidos, inclusive os acamados porque os médicos vão lá. Aqui em casa se transforma em um mini posto de saúde, tenho muita satisfação em receber meus vizinhos”, disse dona Gislena.

Dona Gislena Aparecida Santos

A iniciativa foi elogiada pelo médico do programa saúde da família José Daniel Filho. Para ele é essencial acompanhar o paciente o mais próximo possível. “É importante porque quando o paciente chega em nosso consultório não temos muita noção do local onde mora, mesmo eles falando não temos essa noção, agora quando vamos na casa do paciente percebemos como é seu dia a dia, se tem condições de moradia adequada, saneamento, entre outros”, disse.

O médico também destacou o trabalho do Agente Comunitário de Saúde (ACS). Segundo ele o agente é o primeiro a ter o contato com a família e levar ao conhecimento a situação do paciente. “O trabalho do ACS é muito importante porque eles são os nossos olhos dentro da comunidade”, afirma.

A agente de saúde Maria Amélia Lopes é a responsável pela mobilização dos pacientes dentro do bairro Bom Planalto. Ela acompanha as famílias e conhece cada pessoa e suas necessidades médicas. “É um trabalho muito gratificante e a gente faz a visita domiciliar e aí de acordo com a situação da área a gente monta uma ação numa residência, convida a comunidade para vir e o médico consulta, têm os serviços de exames rápidos com os enfermeiros e nós nos tornamos uma família com os pacientes, isso é maravilhoso”, ressaltou.

Médico José Daniel Filho

agente de saúde Maria Amélia Lopes

 

 

 

 

 

 

 

A enfermeira Dilma Marques, chefe da equipe, destaca as ações dos agentes de saúde que estão todos os dias nas casas das famílias realizando os acompanhamentos. “Um trabalho maravilhoso. É árduo, mas é muito gratificante e eu sempre enfatizo que a visita domiciliar é importante porque conhecemos a realidade de cada família do que elas precisam”, enfatiza a enfermeira.

Entre tantas pacientes encontramos a dona Andréa Carvalho, ela é mãe de duas meninas e se alegra quando fala da agente comunitária de saúde, “Sou acompanhada pela ACS Amélia e ela sempre acompanha também minhas filhas, recebemos a visita de médicos e enfermeiros e agora já conseguimos fazer uma cirurgia de laqueadura e tudo começou pela agente de saúde que veio em minha casa e me orientou”, declara dona Andréa.

Texto: Victor Haôr
Fotos: Sérgio Silva 

Veja outras fotos

No comments

Acessibilidade