SMS: Coordenação de Endemias monta novas estratégias de combate ao Aedes

    0

    Nesta terça-feira, 14, a Coordenação de Endemias e Vigilância Ambiental divulgou o Levantamento do Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa), com objetivo de observar a proliferação do mosquito causador da dengue, chikungunya e zika, bem como montar estratégias de combate ao inseto nos próximos meses e ainda orientar a população a tomar medidas que reduzam os casos de pessoas acometidas por essas doenças.

    Segundo José Amadeu Moreira, coordenador de Endemias e Vigilância Ambiental, ao menos 21 áreas apresentaram proliferação média do mosquito. Nessas localidades, além das visitas domiciliares por agentes de endemias, com a finalidade de orientar a comunidade e eliminar criadouros do Aedes, haverá no decorrer do semestre um calendário a cumprir com serviço noturno de fumacê.

    De acordo com resumo do LIRAa, dentre os setores que apresentaram maior proliferação do mosquito estão as Folhas 9, 19, 15 e 34 (Nova Marabá); Jardim União I e II, Independência, Morada Nova, São Felix Pioneiro, Bom Planalto, Liberdade, São Miguel da Conquista  entre outros.

    Texto: João Batista
    Foto: Arquivo 

    No comments

    Acessibilidade