Obras: Prefeitura constrói área de quarentena no canil e gatil da ONG Focinhos Carentes

    0

    Em mais uma ação em prol do bem-estar animal, a Prefeitura de Marabá está finalizando a construção do espaço de quarentena, fossa e sumidouro, localizada no canil e gatil da ONG Focinhos Carentes. A área, cedida pela gestão municipal, possui hoje mais de 110 gatos e 30 cachorros. O valor total da obra é de R$ 86.443,79. A previsão de término é no início de agosto.

    O objetivo é que o novo local sirva para que os animais, retirados das ruas, possam ficar enquanto aguardam o resultado dos exames, evitando risco de contaminação com outros animais presentes. “Resgatamos o gato ou o cão e ele ficará lá por 40 dias, sendo observado se não desenvolve nenhuma doença como a cinomose, virose, ou mesmo, a leishmaniose. Depois é aguardar os exames que são feitos no Centro de Controle de Zoonose (CCZ). Ele estando apto, após os 40 dias, ele vai para o canil central”, conta Deyse Araújo Mendes, uma das coordenadoras da ONG Focinhos Carentes.

    A obra foi iniciada no dia 11 de junho. As quatro baias da quarentena, assim como toda a base já foram construídas, faltando  a colocação das telas e da cerâmica nas baias e a construção da área de higienização, que contará com duas pias e um balcão para  a limpeza dos animais, e para finalizar a pintura.

    A parte central do canil conta com 11 baias para os cachorros, 2 gatis (área reservadas para os gatos), uma área apenas para cachorros idosos ou que tiveram filhotes e uma área para internação. “Hoje a gente faz uma ‘mini quarentena’ ali na internação. Para a gente ajudará muito esse novo espaço. Os animais que foram castrados também ficarão na quarentena para poder se reestabelecer do processo cirúrgico”, explica Deyse.

    A ONG Focinhos Carentes foi criada há mais de três anos por um grupo de amigos, que sentiram a necessidade de cuidar dos animais abandonados e/ou maltratados da cidade. Atualmente a ONG recolhe os animais de rua e, em parceria com o CCZ , é feito o teste de leishmaniose, caso o exame seja negativo eles são levados para o abrigo e depois retornam ao centro de zoonose para a castração, antes de serem colocados para adoção.

    Feira de Adoção de Cães e Gatos 

    Vale lembrar que a próxima feira de adoção, realizada pela ONG, vai ocorrer no dia 3 de agosto, das 8 às 12 horas, na sede do CCZ, localizado na Avenida Dois Mil, S/n, bairro Belo Horizonte. Para saber mais sobre a ONG, basta acessar as redes sociais da Focinhos carentes no Facebook (focarentes) e no Instagram (@focinhoscarentes).

    Texto: Osvaldo Henriques

    Fotos: Paulo Sérgio dos Santos

     

    No comments

    Acessibilidade